A VOZ E A ALMA
11 MAIO 2023

Maria João Luís
E Helder Moutinho Vivem A Poesia De João Monge.

A fusão entre a voz de todas as cores de Hélder Moutinho, e as emoções povoadas de palavras, delicadamente ditas por Maria João Luís, catalisam a poesia ímpar de João Monge, e abrem os portões de regresso a uma abordagem pura e ancestral: o fado da verdade.
Expressão de liberdade e intervenção, o fado encontra no teatro um fraterno aliado, que o ajuda a definir- se em duas formas complementares: o fado cantado e o fado falado.
A dramaturgia do espetáculo é toda original. Numas partes Maria João Luís declama, noutras representa. No repertorio há fados como o Escrito no destino, gravado por Helder Moutinho em 1987 [álbum lançado em 2013] e dois outros fados gravados n’O Manual do Coração [2016]: Amor sem lugar e Condão. Os restantes temas são originais escritos especialmente para o recital.
O espetáculo e uma coprodução da HM Música Mwf, Teatro da Terra, Coliseu do Porto e Tivoli BBVA.

Textos: João Monge
Representação: Maria João Luís
Voz (Fado): Helder Moutinho
Guitarra Portuguesa: Ricardo Parreira
Viola: Miguel Silva
Viola Baixo: Ciro Bertini
Desenho de Luz: Pedro Domingos
Sonoplastia: António Pinheiro da Silva

Ir para o conteúdo